Buscar
  • Renata Freitas de Camargo

Impressão 3D, a Fastparts tem! 

A impressão 3D é uma tecnologia que executa a construção de uma peça através de um arquivo modelado em 3D. Este arquivo é enviado para uma impressora 3D em várias fatias para que a peça seja construída camada por camada. Este conceito é conhecido também por construção de peça por adição de material, ou manufatura aditiva.

A Fastparts possui as três tecnologias mais usadas na manufatura aditiva, sendo o sistema de Sinterização Seletiva a Laser- SLS a mais utilizada.



Qual material é usado?


O material poliamida, conhecido como Nylon, é um excelente material que pode ser aplicado em várias áreas. Os produtos elaborados com este material são estáveis, resistentes a produtos químicos e possuem uma estabilidade dimensional excelente. As peças feitas com este material na impressora são duráveis, fortes e flexíveis, similares às peças injetadas.

Este material ainda não é produzido no Brasil, pois a demanda não justifica a produção local. O pó de plástico é esférico com granulometria de 5 a 20 micra, razão pela qual na construção da peça, a régua distribui o material, nivelando, homogeneizando a camada e performando a densidade do material.


Onde é possível aplicar esta tecnologia?


Nas mais diversas áreas, desde moda, joias, embalagens, produtos para casa, odontologia e muitos outros segmentos. Confira algumas ideias a seguir: 

  • Área Médica: produção de guias cirúrgicos, pois este material pode ser auto clavado, permitindo a assepsia. É homologado pelos agentes da saúde Americano e Europeu (FDA e CE). Neste momento da pandemia as válvulas dos respiradores para o Covid-19 também foram produzidos na tecnologia de impressão 3D. Na construção de equipamentos médicos há muita necessidade de construir as partes do produto que são de plástico, mas como o volume é pequeno, este processo pode ser bem aplicado na manufatura aditiva.  

  • Área Automobilística: com esta tecnologia podemos fazer muitas propostas de construção de peças para vários setores, tanto do design quanto das áreas de engenharias. Esta tecnologia pode assessorar nos projetos para depois fazer a montagem dos veículos. Algumas montadoras já produzem as peças diretamente para seu carro, como a BMW com o seu carro Mini, que faz a peça conforme a escolha do cliente. Por ser uma produção de baixo volume, mas de valor agregado alto, não compensa fazer um molde para a construção da peça. Pela facilidade de dar às montadoras e ao cliente a possibilidade de escolher detalhes, a impressão 3D de peças é uma realidade no nosso mercado. 

  • Área aeroespacial: pode ter uma ótima aplicação por ser um material de resistência física e também de temperatura tanto alta ou baixa. A poliamida com aditivo resistente à chama tem seu uso mais direto para a construção de aeronaves. Além disso, utiliza-se a impressão 3D para elaboração dos dutos de ar que têm geometrias complexas, assim, redefinindo o espaço e dando ao conjunto leveza e redução de peso (tudo que a aeronave necessita). Outras peças possuem também ótima aplicação no segmento, como suporte para cabeamento, conectores elétricos e até mesmo peças de reposição.

  • Área do agronegócio: com o avanço na indústria 4.0, também o agronegócio tem aplicado esta tecnologia para a construção de produtos que serão utilizados no campo. Como o Brasil é um fornecedor de alimentos importante, nossa indústria de agro investe massivamente em equipamentos e tecnologias. Para crescermos com eficiência e produtividade é necessário usar essa tecnologia que opera na construção de peças que podem ser aplicadas no campo, tanto em encapsulamento de tecnologias como nas máquinas agrícolas.

  • Área de eletrodoméstico: a criação de novos produtos demanda escolhas de formas, e essas formas são elaboradas pelos designers que precisam construir os modelos para que possam ter a ideia física e ergonômica do produto. Essa é a razão pela qual necessita-se da impressão 3D.Os produtos são prototipados e levados a teste de campo ou de laboratório, avaliando-se, assim, a performance. Neste segmento a impressora 3D tem reduzido muito o tempo na construção de peças, além do tempo de lançamento do produto no mercado (no passado as peças eram elaboradas em máquinas CNC que demandavam mais fases de processos de construção e retrabalho).



As peças podem ser pintadas?


A construção das peças impressas no material poliamida aceita acabamento. Pode-se aplicar pintura automotiva deixando com o acabamento conforme padrão estabelecido pelo time de projeto. Sendo assim, trata-se de uma peça com características de produto final. Portanto, se o cliente vai participar de um evento e deseja mostrar o produto, ele terá uma peça acabada e pronta para uso.


É possível imprimir peças grandes em 3D?


Sim, pois para a impressão de peças grandes que não cabem em uma impressora é necessário fazer as divisões. Com o auxílio do software 3D elaboram-se os cortes e as estratégias de abas de montagem. Tudo isso para facilitar a montagem das partes e a integração de todo conjunto impresso.

Após a colagem elabora-se o controle dimensional da peça com a tecnologia de Scan 3D para analisar todo o dimensional, bem como para detalhar se algum elemento do produto ficou fora de posicionamento.


Como fazer uma peça para imprimir em 3D?


Quando se fala em manufatura aditiva é preciso sempre lembrar que a construção da peça vai depender de um arquivo 3D. Existem softwares específicos que modelam tanto as peças como qualquer outro produto a ser desenvolvido.

Desse modo, esses arquivos são enviados para as mais diversas máquinas de impressão 3D. No caso da SLS usamos o arquivo com extensão .STL no qual se faz a impressão dessas peças. Os arquivos 3D são muito importantes para a construção dos protótipos ou das peças, pois elas são determinantes na qualidade que a impressão 3D terá.

Caso você não possua o arquivo, mas somente as peças, nós podemos fazer a engenharia reversa (e assim fazemos o modelo matemático em 3D). Falaremos mais em um próximo post no nosso Blog.


Como ter mais informações?


Se você tiver dúvidas sobre o desenvolvimento de projetos, impressão 3D (manufatura aditiva), ou na construção de qualquer parte de seu projeto, entre em contato com o nosso time. Analisaremos o material mais adequado a ser executado e quais os benefícios que sua empresa terá.

Acesse nosso site e tenha mais informações.



3,203 visualizações
CONTATO

fastparts@fastparts.com.br

+55  (47) 2101.7777

Rua Manoel Luz Fontes, 33

Costa e Silva | CEP 89219-220

Joinville - Santa Catarina

REDES SOCIAIS
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone

Created by Probe - Inteligência Competitiva

Desenvolvido por PROBE

Created by Probe - Inteligência Competitiva

Desenvolvido por PROBE